Copywriting

Anatomia de uma carta de vendas - parte 3

Allison Nascimento
Escrito por Allison Nascimento
Anatomia de uma carta de vendas - parte 3
Para qual email eu posso enviar conteúdo exclusivo?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Opa, finalmente chegamos ao capítulo final da nossa série de cartas de vendas em três partes. Como um lembrete rápido, já percorremos as etapas de 1 a 13 da carta de vendas de 21 pontos de Perry Belcher:

Leia: Anatomia de um carta vendas – parte 1
Leia: Anatomia de um carta vendas – parte 2

Então, conversamos sobre o problema, a solução, examinamos as credenciais, os benefícios e concluímos a oferta.

Esse é o ponto da carta de vendas em que você revela o que eles receberão quando comprarem seu produto.

Mas você ainda não contou para as suas leads sobre os seus bônus, então, vamos lá:

Adicione o bônus

É sempre uma boa ideia adicionar bônus à sua oferta, porque eles agregam ao seu valor percebido. Portanto, nesta seção, você deve contar aos seus possíveis clientes tudo sobre os ótimos bônus que eles receberão com sua oferta.

Você acabou de descrever sua oferta e provavelmente deseja usar um algo que seja:

“Mas isso não é tudo. Também vou dar a você BÔNUS 1, que te ajudará a executar/ter os resultados X, Y e Z. E vou também, incluir o BÔNUS 2, que te ajudará a começar a operar esse sistema para ter RESULTADOS MAIS RÁPIDOS”.

Se você vende produtos físicos, essa estratégia também funcionará 100% para você. A grande verdade é que você pode incluir algum produto digital como bônus.

Isso é tão poderoso que até mesmo Steve Jobs utilizava em seus discursos icônicos.

Inclusive, vou deixar aqui um vídeo abaixo, onde ele fazia um empilhamento de benefícios para falar dos produtos.

Steve Jobs ‘One more thing   ‘ complete compilation 1999 2011 – YouTube

Você pode utilizar esse tipo de empilhamento, com os benefícios do seu produto e também com os seus bônus.

Ok, vamos seguir em frente…

Construa seu Valor

Agora que você descreveu todos os seus bônus, conte aos seus clientes em potencial quanto vale tudo. Por exemplo, “O valor total de tudo o que estou oferecendo é de  R$2.573”.

Você quer que eles percebam exatamente o quanto estão ganhando; assim, quando você finalmente revelar o preço, eles poderão ver o quanto é bom.

Aqui vai um pequeno detalhe, se você não disser para as pessoas quanto é que vale aquilo que elas estarão recebendo, elas nunca saberão quanto é que vale.

Por isso que você tem que dar valor e dizer esse valor.

Revele seu preço

Neste ponto, você está pronto para informar aos seus clientes em potencial quanto custa sua solução. Então, você pode escrever algo como: “O valor total de tudo o que estou oferecendo é R$ 16.927. Mas estou disponibilizando esse treinamento de Copywriting e todos os seus bônus por uma fração disso, por apenas R$ 2.997. ”

Depois de fazer isso, recomendo que você não pare por aí.

É uma boa idéia explicar porque você está disposto a participar de algo que vale tanto por tão pouco. Não utilizando esse tom, é claro. Mas você quer dar uma razão que pareça plausível.

Por exemplo, com o meu treinamento de copywriting o Maestria, posso dizer que a razão pela qual estou disponibilizando a um preço tão acessível é porque é totalmente novo e quero apresentá-lo ao maior número possível de pessoas. E porque sei que 95% das pessoas que me seguem não teriam como me contratar.

Injete Escassez

Os cookies vão acabar
Os cookies vão acabar

Você poderia ter o melhor negócio do mundo, mas, a menos que consiga motivar os clientes em potencial a agir imediatamente, eles adiarão a compra por dias, semanas ou provavelmente, para sempre. É por isso que a escassez é tão importante.

A escassez fornece uma razão convincente para que seus clientes em potencial ajam imediatamente. Existem algumas táticas diferentes que você pode usar para injetar escassez.

Por exemplo, você pode dizer que o preço está sendo oferecido apenas por tempo limitado.

Pode dizer, que os bônus que estão sendo ofertados são válidos somente até a DATA X e se eles não agirem imediatamente, e pode mencionar que a qualquer momento você poderá retirar a sua oferta do ar.

E quando o produto voltar ao ar novamente, quando ele for vendido novamente, o preço será outro. Talvez, 2 ou 3x mais caro do que está sendo vendido agora.

Apenas certifique-se de que, seja qual for a tática de escassez usada, você será honesto. Você não quer dizer que só está vendendo algo a um determinado preço por um tempo limitado, sempre que pretende vendê-lo por esse preço.

Isso vai prejudicar sua credibilidade. Portanto, tente criar uma maneira legítima de injetar escassez em sua oferta.

Fale da Garantia

Seu objetivo final como copywriter é de remover qualquer resistência dos seus clientes em potencial.

As decisões devem ser tomadas de forma EMOCIONAL. Sem que ele precise pensar.

Uma maneira de fazer isso é com uma garantia. Sugiro tornar sua garantia a mais forte possível, sem perder a sua razão no processo.

O que eu gosto de fazer é tornar minha garantia de 30 dias, onde qualquer pessoa pode receber 100% do seu dinheiro de volta sem perguntas ou questionamentos.

Definitivamente, enfatizo a que a pessoa estará livre de problemas. Quero que as pessoas saibam que não há letras miúdas, se ela não gostar, se ela ver que o produto não é pra ela, se ela não gostar da minha voz ou da minha didática, eu não quero ela usando o meu produto.

Se não gostarem do produto por qualquer motivo, receberão um reembolso total.

Call to Action – Chamada para Ação

Finalmente chegamos ao ponto em que informaremos o cliente em potencial exatamente o que ele precisa fazer a seguir. Você quer ser direto aqui, não faça rodeios.

Botão para CTA
O link para comprar o curso está no final do post

Se você parecer hesitante, pode parecer que você está pedindo um favor, em vez de oferecer uma ótima solução para um problema que as pessoas enfrentam.

Portanto, em seu CTA, informe aos clientes em potencial exatamente o que fazer e, em seguida, seja claro sobre o que acontece a seguir.

Você deseja remover qualquer confusão e orientá-los durante todo o processo. Por exemplo, na carta de vendas do meu treinamento de copy, incluiria um botão “Comprar agora” e, abaixo do botão, posso dizer algo como:

“Depois de clicar no botão ‘Comprar agora’, você será redirecionado para uma página 100% segura, e nela você deverá  inserir suas informações de pagamento. Assim que seu pedido for concluído, você terá acesso imediato ao treinamento de copywriting – todos os vídeos, conteúdos extras e arquivos – para que você possa acelerar as suas vendas e alavancar os seus negócios.”

Depois de fazer o seu CTA (Chamada para Ação), você estará pronto para a próxima etapa.

Dê um aviso

Confesso, eu adoro essa parte…

Nesse ponto, você deseja avisar seus leads sobre o futuro sombrio que os espera se elas não agirem agora.

Você sabe, coisas como eles estarão exatamente no mesmo barco no próximo ano, o problema que enfrentam não desaparece e pode até piorar, etc.

Você pode fazer isso, criando um alerta dizendo que neste momento a pessoa tem 2 opções:

“A opção 1, continuar a fazer o que está fazendo e ter a mesma vida para sempre. Com os mesmos resultados”.

Nesse momento, você pode entrar em detalhes do que não está funcionando para ela, e aí você pode tocar na ferida, lembrando da dor e da frustração que essa pessoa está vivendo agora.

Mas atenção, tenha cuidado com o que você vai dizer…

Se você parecer insensível neste momento, você terá perdido a pessoa nesse ponto. Se você conseguir demonstrar empatia, você terá ganho o coração dela.

E então, eu digo a segunda opção. Que no caso é comprar o meu produto.

Por exemplo: “Você já percebeu o poder que uma boa copy tem para um produto, e o que ela pode fazer para um negócio. Nesse momento, você pode escolher tentar aprender sozinho, fracassando inúmeras vezes, comentando inúmeros erros e perdendo muito dinheiro. Ou então, você pode tomar a decisão mais inteligente de todas. Você pode fazer um pequeno investimento, e fazer parte do Maestria em Copywriting. E aprender, todos os meus segredos de escrita, persuasão, hipnose, pnl, sedução para que você consiga encantar qualquer pessoa e vender qualquer produto”.

Eu gosto de ser muito bem claro com as pessoas sobre o que eu estou vendendo. Eu não digo para elas: “Eu vou te dar os meus segredos“, pelo contrário, eu digo que eu vou VENDER os meus segredos.

Eu levei anos para construir essa habilidade, tive que ler uma centena de livros, trabalhar em dezenas de lançamentos e fracassar várias e várias vezes.

Eu sou real com a pessoa. Mostro que fracassei e que agora eu tenho um processo. Algo que funciona, e que se pessoa souber aproveitar, ela vai clicar no link do final desse post e vai se inscrever no meu link.

Perceba, que eu ensino sobre copywriting, e ao mesmo tempo eu vendo pra você o meu produto.

É assim que essa seção funciona. Por fim, estamos prontos para avançar apara a última etapa, fechando com um lembrete.

Fechamento com um lembrete

Neste ponto, você deseja fazer uma recapitulação final de tudo. Esta é sua última chance de convencer seus clientes em potencial. Até agora, você provavelmente está cansado de escrever sua carta de vendas, por isso pode ser tentador ficar desleixado aqui.

A boa notícia é que esta seção não precisa ser muito longa, porque não estou falando de reescrever tudo – na verdade, você só quer resumir os principais pontos da sua oferta.

Perry Belcher, costuma dizer a seguinte frase:

PS – Como minha avó disse:

“A definição de insanidade é fazer a mesma coisa repetidamente quando não funciona. Então, se você continuar fazendo o que está fazendo agora, estará no mesmo lugar no próximo ano. ”

Ele então resumiu o problema, sua solução, a oferta e sua garantia.

Bom… isso nos leva ao fim dessa sequência de carta de vendas.

Eu espero que nesse momento, você junte todas as peças e comece a escrever. Coloque em prática o que você aprendeu aqui.

E se você quiser se aprofundar no assunto. Clique no link abaixo, ele é o melhor treinamento de copywriting que você vai encontrar.

>>>> ACESSAR TREINAMENTO EM COPYWRITING

A nossa sequência de conteúdos gratuitos sobre copywriting continua…

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.