Copywriting

Anatomia de uma carta de vendas bem-sucedida pt.2

Allison Nascimento
Escrito por Allison Nascimento
Anatomia de uma carta de vendas bem-sucedida pt.2
Para qual email eu posso enviar conteúdo exclusivo?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Olá meu amigo copywriter – então, no último capítulo, eu apresentei a fórmula da carta de vendas com 21 pontos criado pelo Perry Belcher. Neste post continuaremos a falar sobre a perfeita anatomia de uma carta de vendas que converte e que é vencedora.

Nós já discutimos dos números 1 ao 6, se você perdeu a primeira parte sobre como escrever uma carta vendas, clique aqui. Então vamos direto ao assunto e começaremos a falar sobre a anatomia de uma carta de vendas de alta conversão.

(Como eu havia parado no passo 6, continuarei nesse post a partir do número 7).

7 – Explique a facilidade de uso.

Esse passo não é aplicável em todos os tipos de produtos, tem coisa que é difícil mesmo de usar, mas o seu papel é mostrar para a pessoa que ela vai conseguir, e se for difícil você tem que mostrar que ela será instruída, seja por um vídeo, manual, passo a passo, ou que você estará do lado dela.

Mas se o seu produto incluir esse passo, então, use e abuse.

O que você deve fazer a pessoa enxergar e pensar: “Isso é fácil, eu sei que posso fazer isso!”.

Nesse processo você conseguirá persuadir algumas pessoa a acreditarem que elas podem ter os mesmos resultados excelentes que você está prometendo, isso por é fácil usar o seu produto, ou que existe um passo a passo a ser seguido.

Por exemplo,  eu posso utilizar algo como “Você está obtendo um método em passo-a-passo para transformar suas ideias em dinheiro”, ou “você está experimentando um método comprovado para criar negócios lucrativos, um método que já foi testado e aplicado dezenas de vezes.

Tenha um passo a passo estratégico
Primeiro faça isso e depois aqui. Fale sobre seu produto

Algumas pessoas podem atribuir o sucesso do meu negócio por eu ser bonito, ou por morar em uma cidade grande, ou por ter habilidade, o que você tem que mostrar que tudo isso é besteira.

Mostre que o que existe é um método, um método que funciona, que qualquer pessoa (mesmo que seja um imbecil), vai conseguir seguir o passo a passo e terá resultados.

Embora o meu treinamento seja fácil de seguir, eu tenho que deixar explicito que existe um passo a passo, ou que foi validado.

8- Mostrar velocidade dos resultados.

Ninguém gosta de resultados que nunca chegam, embora você não possa prometer aos seus clientes em potencial algo que você não pode oferecer, você quer falar sobre a rapidez com que eles podem ver os resultados com a sua solução, se for esse o caso.

Crescimento Rápido
Qual a velocidade de crescimento que seu produto gera?

Neste ponto, dentro da anatomia da carta de vendas você deve incluir sobre como e quando as pessoas vão ter os resultados.

Em menos de 30 dias? Daqui 1 ano? Sua solução pode funcionar em minutos?

Uma forma criativa e inteligente de se fazer isso é mostrar as etapas que a pessoa vai passar e o resultado que ela obterá ali. Veja esse exemplo que usei em uma carta de vendas onde o produto é para acabar com celulites, aqui falo sobre o processo de transformação do herói, ilustrando como a pessoa terá os resultados dela:

“Na primeira semana eu desconfiei que daria certo, os resultado foram normais e eu não via quase nada, tudo bem que as celulites que eu tinha eram terríveis e os resultados ainda não estavam visíveis.

Mas logo no começo da segunda semana, foi praticamente um BOOOMMM foi como se algo tivesse sido descolado da minha pele. Na hora eu comecei a ficar empolgada porque estava funcionando.

Eu mal podia acreditar, porque eu não tinha gasto praticamente nada pra fazer as receitas e minhas celulites estavam sumindo.

No dia 21 notei algo diferente depois do meu banho.

Ao secar minha perna, não pude sentir as celulites de “queijo suíço” tanto quanto antes. Todas elas haviam sumido.

Eu finalmente estava livre das celulites, mal podia acreditar que havia dado certo.”

O seu foco nessa parte da sua estrutura da carta vendas é projetar a pessoa para o futuro, o chamado Future Pacing, fazer a pessoa se imaginar usando o produto e tendo os resultados que você já havia prometido.

9 – Acontecimentos Futuros.

Acontecimentos Futuros, nessa etapa você quer que seus prospectos imaginem o quanto melhor suas vidas serão quando tiverem sua solução.

Esta é uma parte muito importante de qualquer carta de vendas, porque uma vez que seus clientes potenciais começarem a pensar assim, seu desejo por seu produto aumenta.

A nossa mente não faz diferenciação da realidade com a vida real, quando você faz as pessoas imaginarem elas utilizando o seu produto, fazer elas imaginarem qual será o processo e o resultado que elas terão, na mente delas elas já possuem sua solução.

Um exemplo de como você pode fazer isso é o que falei agora a pouco no exemplo das celulites.

10 – Prove que você é o especialista.

Você precisa informar seus possíveis clientes sobre suas credenciais. Por que eles deveriam confiar em você como uma autoridade sobre esse assunto?

Por exemplo, meu treinamento Maestria em Copywriting, eu ensino a mesma estratégia que usei para lançar todos os meus negócios e para faturar mais de R$30 milhões de reais na internet.

Quando eu faço isso eu estou mostrando que eu entendo mesmo do assunto, e que a pessoa pode confiar no meu método e que esse método vai funcionar para ela aprender copywriting de verdade.

Para saber mais sobre esse treinamento, clique aqui.

11 – Detalhe os Benefícios.

OK, falamos sobre quais são os benefícios em um capítulo anterior, mas, como uma atualização, os benefícios são o resultado desejado que seu prospect  obterá de sua solução.

Um exemplo claro disso, é a aula que você está tendo agora. Você está aprendendo os exatos passos da anatomia de uma carta de vendas de sucesso, e com isso você poderá ser um copywriter melhor, um copywriter capaz de escrever textos que vendem.

Percebe o benefício aqui?

De qualquer forma, é neste ponto da sua copy que você deseja listar os benefícios de sua solução, isso pode ser feito no formato de bullet points também.

Dentro dos meus bullet points eu gosto de criar a controvérsia, ser polêmico, criar muita intriga e fazer a pessoa pensar, por exemplo:

  • A primeira coisa que você deveria fazer antes de lançar o seu produto ou marca – faça isso ou arrisque perder milhares de reais;
  • Com essa técnica você poderá vender praticamente qualquer tipo de produto – físico ou digital – em qualquer nicho… Contanto que você faça isso primeiro.

Eu gosto de bullet points que são misteriosos como esses que acabei de citar, isso por duas razões – por um lado, isso aumenta a curiosidade de meus prospects e os faz querer comprar o produto para aprender as coisas realmente interessantes que só revelo em meu curso.

A segunda razão pela qual eu gosto de bullet points misteriosos é porque, se você fornecer informações demais, você corre o risco do seu avatar pensar: “Eu já sei de tudo isso. Eu não preciso comprar este curso. ”. Então, isso é algo que você quer considerar quando estiver criando seus tópicos, principalmente se estiver vendendo um produto de informação.

12 – Mostrar prova / depoimentos.

Você sempre vai querer oferecer provas de suas reivindicações, como estudos de caso e estatísticas. Embora a prova seja muito eficaz, nem sempre é prática.

Felizmente, os depoimentos podem realizar a mesma coisa. Você pode usar depoimentos de clientes, ou clientes satisfeitos, ou mesmo parceiros com os quais já fez negócios, dependendo do setor em que você está. De modo geral, seria bom ter um mínimo de três depoimentos e um máximo de cinco.

Os melhores depoimentos, a propósito, são escritos em linguagem de conversação, oferecem detalhes específicos e abordam objeções. Por exemplo, se você acha que a principal objeção que as pessoas têm ao produto é que é difícil de usar, você deve incluir vários depoimentos em sua carta de vendas sobre como é fácil usar seu produto.

13 – Faça sua oferta.

Mostre o que a pessoa vai receber
Crie sua oferta

Tudo bem, essa é a parte em que você vai revelar tudo o que a pessoa terá quando comprar seu produto. No entanto, você não quer nomear seu preço ou revelar qualquer bônus ainda. Você poderia fazer algo assim:

“Você terá 36 aulas em vídeo, com um passo a passo que te ensinará a criar um negócio pela internet. Você também receberá um resumo de cada aula por escrito e o áudio em MP3 de cada delas para ouvir onde quiser”

Você tem que dizer exatamente o que a pessoa receberá e como será esse processo.

OK, pessoal, acho que esse é um bom ponto de parada por enquanto. No próximo capítulo, vou finalizar a série de anatomia de cartas de vendas vencedoras, então vamos falar sobre bônus, preços e todas essas coisas boas. Vejo você lá.

Se você gostou do que viu até aqui, compartilhe esse conteúdo e deixe seu comentário.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.